Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica

R$50,00

Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica

Produção textual completa

Descrição

Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica

Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica A proposta de Produção Textual Interdisciplinar em Grupo (PTG) terá como temática
“Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a prática profissional” (Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica). Escolhemos esta temática para possibilitar a aprendizagem interdisciplinar dos conteúdos desenvolvidos nas disciplinas desse semestre.

Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica. Infecção de ferida cirúrgica por microrganismos resistentes e a prática profissional.

DESAFIO 1: Os microrganismos causam diversos tipos de doenças infecciosas e apesar do amplo
espectro de antibióticos existentes, eles ainda continuam ganhando a batalha na cura das infecções.
Descreva como o uso irracional dos antibióticos geram o surgimento e a disseminação de resistência
microbiana. O que se pode entender por resistência microbiana? No caso do paciente citado, a
bactéria encontrada na ferida cirúrgica é a a 
Klebsiella pneumoniae, um bacilo Gram-negativo,
anaeróbio facultativo, membro da família Enterobacteriaceae, que é capaz de produzir a
carbapenemase. Assim, identifique qual é o tipo de resistência apresentado por essa bactéria.

DESAFIO 2: O exame físico completo associado a uma anamnese de qualidade, possibilita identificar
os sinais e sintomas que irão contribuir para a definição do diagnóstico de enfermagem e
posteriormente, subsidiarão o plano de cuidados de enfermagem direcionado a esse paciente. Na
SGA descrita, o paciente apresenta um acometimento no sistema digestório, tornando importante
que o enfermeiro reconheça as alterações desse sistema, tanto no momento da admissão hospitalar,
quanto no pós-operatório. Nesse sentido, descreva quais sinais e sintomas devem ser investigados;
os métodos propedêuticos utilizados para o exame físico desse sistema e a sequência para a sua
realização; os procedimentos especiais que podem ser empregados; e as alterações que podem ser
encontradas no sistema digestório desse paciente tanto na avaliação inicial quanto no pósoperatório.

Produção textual Infecção Ferida Cirúrgica

DESAFIO 3: Considerando o contexto apresentado, a CCIH do hospital em questão deve propor
medidas de proteção individual e coletiva aos profissionais de saúde atuantes. Por isso, o desafio
agora é identificar o tipo de precaução (padrão, contato, aerossóis ou gotículas) a ser estabelecido,
para que a transmissão da 
Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase (KPC) seja
minimizada. Identificado o tipo de precaução, orientações devem ser oferecidas aos profissionais em
 relação ao uso correto de equipamentos de proteção individual. Por isso, quais medidas devem ser
estabelecidas em relação ao uso de equipamento de proteção individual?

DESAFIO 4: Na continuidade do atendimento ao paciente, muitas vezes as anotações de enfermagem
ocorrem em prontuários manuais, que ficam dispostos no posto de enfermagem, em contato direto
com vários profissionais (técnicos de enfermagem, enfermeiro, médico, fisioterapeuta, nutricionista,
entre outros), inclusive, ao término do processo de enfermagem, o enfermeiro também realiza a
evolução de enfermagem nesse prontuário. É possível que ocorra a disseminação de microrganismos
durante a execução dessas tarefas? Justifique.


DESAFIO 5: Devemos lembrar que os profissionais que trabalham em contato direto com os pacientes
estão expostos a muitos riscos no ambiente hospitalar. Diante de todo o contexto evidenciado pelo
caso apresentado, explique qual o tipo de risco que os profissionais que estão realizando o cuidado
direto a Antônio estão expostos. Os profissionais que trabalham expostos a esse tipo de risco
recebem em seus salários o adicional de insalubridade? Explique o conceito e os graus de
insalubridade.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Portfólio Infecção Ferida Cirúrgica”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: